domingo, 25 de abril de 2010

25 de Abril

Renasce hoje um novo combate em Portugal. Já não há armas, nem carros de combate no Terreiro do Paço. Agora, são as vozes, as palavras que apontam o quartel de outros senhores de gabarito distorcidos. É o anúncio da cultura! É a Revolução Cultural!
Esta pode ser uma batalha perigosa. Há demasiados lobbies agarrados como verdadeiras sanguessugas. A impotência do mexilhão parece perecer. A força está enfraquecida. Os cravos já não são vermelhos.
Mas a alma é a mesma!

Sem comentários:

Enviar um comentário