sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Com a saúde só se brinca!

Ninguém poderá dizer o contrário. Afinal, as pessoas só brincam se estiverem com saúde. Foi com muito agrado que recebemos a notícia sobre a satisfação dos utentes em relação ao Centro de Saúde de Fafe. Noutros tempos não seria possível dizer o mesmo, mas também noutros tempos não poderíamos estar para aqui a escrever o que bem nos apetece.
Vivam lá as senhoras e os senhores que se dedicaram à saúde em Fafe. Vivam as vozes que aplaudiram e também as que criticaram, porque não há nada nem ninguém que melhore se não admitir os erros para os ultrapassar.
Fafe está com um bom sistema de saúde, melhor dizendo: o Centro de Saúde de Fafe está com qualidade no atendimento, mas o Centro de Saúde de Fafe também tem umas ramificações, as apelidadas ‘Extensões’, e essas ainda não satisfazem os seus utentes. O que faltará para que os utentes dessas extensões também sejam notícia nacional? Já que se conhecem bons exemplos na cidade, vamos lá… toca a dar maior atenção às aldeias. No fundo até merecem uma boa saúde, não?
Senão, não sei se repararam, com o Natal à porta há sempre maior abuso nas doçuras e se só conseguirem uma consulta para o próximo ano, se tiverem a diabetes, podem correr grande risco.
Seja como for, votamos na melhoria das Extensões de Saúde de Fafe. Acabam-se as filas de espera, o tempo da tabaqueira, o que é óptimo para os políticos porque assim as pessoas não passam demasiado tempo à espera da consulta, logo não conspiram contra as obras que não se fazem ou as que se fazem, os empregos para os amigos, as obras sempre para as mesmas empresas… de facto, pensando bem, isto também é saúde. As pessoas doentes são atendidas rápido, não falam de ninguém, o que significa que não dão dores de cabeça e ainda elogiam o sistema de saúde. Parece-nos bem!
Viva a saúde com todos a brincar! E já agora, não se esqueçam das Extensões… de saúde, claro!
in Jornal Povo de Fafe (04/12/2009)
Pedro Miguel Sousa

Sem comentários:

Enviar um comentário