sexta-feira, 8 de agosto de 2014

O teu perfume

«Procuro-te no mais profundo dos silêncios. O ruído deixo-o para a festa dos atropelos onde se encontra o abismo da euforia. Aqui, só o teu perfume me importa. As palavras que te ouço em surdina…»

in Fragmentos de Amor

1 comentário: