domingo, 6 de abril de 2014

As minhas “amigas médicas”

A Marília e a Maria João (FMUC), preparadíssimas para mais uma aventura nessas salas de intervenção, já sabem como é que é… aqui com a malta… está tudo bem e tal mas é preciso ser médicas como deve ser! Claro que ser atendido por uns olhos bonitos, voz carinhosa e sorriso contagiante ajuda à melhoria do utente, pelo menos atenua a dor da alma, mas é preciso mais… têm de ‘partir a loiça toda’ e ser verdadeiras médicas! Do tipo… tás a ver… fazer o que devem e não usar a ignorância dos outros para lhes sacarem o dinheirinho que já é pouco. Querem um exemplo? 

Aqui vai:
- Senhor Doutor, precisava de um atestado para renovar a carta de condução…
- Pois! O problema é que não lhe posso passar aqui (consultório do centro de saúde). Mas vamos lá fora que eu passo-lhe isso.
(Na rua, debaixo de um coberto para o carro o médico passa o atestado)
- São 30 euros.
- Obrigada, senhor doutor!

Meninas, já sabem, acredito em vocês! É preciso mudar isto… e muito mais!


Beijinho às M&M's

Sem comentários:

Enviar um comentário