terça-feira, 8 de abril de 2014

A fotografia que vai render milhões

PEDRO FIGUEIREDO - ESCULTOR a dar os retoques numa das suas criações mais recentes. Esta fotografia, tirada sem pedir autorização, vai correr mundo... e, quem sabe, um dia fazer parte de um trabalho biográfico ou de investigação sobre o artista.
É claro que estou a usar um pouco a ironia, até porque foi tirada sem qualquer tipo de preocupação estética, sendo apenas o objetivo de registar o momento de construção. E digo construção, não porque se pode ver o artista a trabalhar, mas porque esta peça, depois da sua criação e do esboço, foi moldada em barro, posteriormente tirado o molde, passagem a resina e ainda passará pela pintura até que tudo fique totalmente disponível para a apreciação crítica dos olhares do mundo.
Hoje foi assim, um dia dedicado à bisbilhotice nas catacumbas... porque é de lá que saem as obras de arte... ou estas pelo menos... para questionar a linha do horizonte que só é tangível ao ser pensante que vê para além dela, tal como as figuras de Figueiredo que elevam o seu olhar até lá... onde quer que seja esse 'lá'.

Sem comentários:

Enviar um comentário