terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Quando vou a um evento social, eu sou sempre o gajo mais importante!

O que seria o Teatro sem o Espetador? Ou o Professor sem o aluno? Ou o Médico sem o Utente? Ou…
A importância não se pode medir somente em função do que cada um faz num dado momento, mas implica um conjunto de pressupostos que fazem com que no momento a ação aconteça e se desenvolva. Numa palestra, por exemplo, o palestrante só consegue comunicar se existir um público disposto a ouvi-lo. Se o auditório resolver comunicar entre si, de nada servirão as palavras proferidas pelo palestrante, estas não serão mais do que ruído.


Também Queres ser importante? Deixa de pensar que os Outros são mais importantes do que Tu!

O que será do Teatro sem o Espetador?

Sem comentários:

Enviar um comentário